top of page

MAIO AMARELO 2022

A importância do cinto de segurança!



O cinto de segurança protege diariamente motoristas e passageiros de possíveis impactos violentos no interior do carro, ou mesmo o arremesso para fora do veículo, em caso de colisões. O item contribui para reduzir os riscos de ferimentos na cabeça, no rosto, no pescoço e na coluna dos ocupantes do veículo.

No Brasil, o cinto é obrigatório em todos os automóveis colocados à venda desde 1968, mas só em 23 de setembro de 1997, o uso obrigatório do cinto de segurança para condutor e passageiros em todas as vias do território nacional foi sancionado por meio da Lei nº 9.503, o Código de Trânsito Brasileiro.

Mas, mesmo obrigatório há 23 anos, o uso de cinto de segurança ainda encontra a resistência dos brasileiros.


Dirigir e mexer no celular não dá certo!



Ao usar o celular no trânsito, o condutor coloca em risco não só a própria vida como a de todos aqueles ao seu redor. Rapidamente, sua atenção fica toda concentrada no aparelho, e o condutor pode acabar causando uma colisão ou mesmo um atropelamento, com grandes chances de haver vítimas, inclusive fatais. Jamais realize ou receba ligações ao dirigir, e oriente os motoristas da sua frota a respeito desta atitude. Em casos de emergência, procure parar o carro em local apropriado antes de aceitar uma chamada.


Vai dirigir? Atenção no trânsito!



É sempre muito importante redobrar a atenção quando estamos dirigindo, pois na maioria das vezes tem alguém em casa te esperando voltar. Alguns pontos que não devemos esquecer para manter a segurança no trânsito são: Respeitar o limite de velocidade, manter distância dos veículos, não ultrapassar em local proibido, prestar atenção nos faróis e luzes do veículo, prestar atenção nas sinalizações, fazer a manutenção preventiva, entre muitas outras maneiras. Quando você está atrás do volante de um carro — sozinho ou com passageiros — dirigir com segurança deve ser sempre sua maior preocupação.


O ditado é claro: Se beber não dirija!



Dirigir veículos tendo ingerido qualquer quantidade de álcool, além da chance de aumentar as causas de acidentes, também pode levar você à perda do direito de dirigir.

As leis brasileiras se tornam cada vez mais severas com relação ao álcool e direção, justamente por se tratar de uma substância psicoativa que afeta as funções cerebrais gradualmente e, consequentemente, reduz a capacidade de direção. Por essas razões, nossa recomendação é que se você vai beber, pretende consumir bebidas alcoólicas ou, até mesmo, doces que contêm álcool, como bombom de licor e afins, não dirija. O ideal é optar por um táxi ou transporte por aplicativo para evitar transtornos.



REFERÊNCIAS:

162 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo

1 Comment


Muito útil esse informativo, principalmente para os motoristas da Aceville, que podem estar se conscientizando do que pode causar acidentes anualmente..


Parabéns..🚐🚛🚚

Like
bottom of page